Quinta, 26 de Maio de 2022
19°

Pancada de chuva

Alagoinhas - BA

BAHIA Jornalismo

Gazeta dos Municípios retoma publicações no ano em que comemora 25 anos

Periódico completa 500 edições na segunda quinzena de julho

19/01/2022 às 20h46 Atualizada em 19/01/2022 às 21h19
Por: Vanderley Soares Fonte: Vanderley Soares
Compartilhe:
Gazeta dos Municípios retoma publicações no ano em que comemora 25 anos

Sem rodar novas edições desde setembro do ano passado, o Jornal gazeta dos Municípios retoma suas publicações em fevereiro com duas edições mensais, sendo uma eletrônica e a outra impressa.

Em 26 de novembro próximo o jornal completa 25 anos, um marco importante para o jornalismo impresso, que tem enfrentado dificuldades importantes em função de dois motivos, a pandemia e o crescimento da comunicação eletrônica, migrando leitores para as chamadas redes sociais.

Na estrada há mais de 35 anos, o jornalista Vanderley Soares, diretor do jornal e site Gazeta, diz que vai retomar as publicações quinzenais por solicitação do mercado, de antigos leitores e da necessidade de manter vivo um instrumento importante no elo da comunicação.

“Fazer jornalismo não é fácil, não interior então, nem se fala. Mas é necessário encarar esse desafio de dar continuidade a um instrumento criado para ajudar na comunicação e no desenvolvimento regional”, disse Vanderley.

Ele conta que o jornal nasceu numa data histórica para Alagoinhas, 26 de novembro, data da inauguração da antiga Schincariol, primeira cervejaria a se instalar na cidade. E foi com o aval do dono da cervejaria, José Nélson Schincariol, que o jornal nasceu, afirma ele.

Segundo Vanderley, José Nélson era uma pessoa simples. Num dia de visita à obra, durante o almoço, ele falou para Schincariol sobre o apoio a um periódico novo. O dono da empresa chamou o diretor comercial da empresa e solicitou que fizesse a ponte junto à agência de propaganda e publicidade que detinha a conta da empresa e que fizesse inserções publicitárias no jornal que nem existia ainda. Foi o primeiro crédito que me deram, conta Vanderley.

Em homenagem aos 25 anos do jornal e da chegada da primeira cervejaria na cidade, Vanderley pretende publicar uma série de matérias sobre o mercado cervejeiro na cidade, desde às fábricas de cervejas às empresas de embalagens. Também será feito um quadro alusivo aos 25 anos, republicando matérias importantes ao longo desse período ou publicando coisas novas.

Vanderley Soares vai convidar os jornalistas que durante esse período fizeram parte da grade de colaboradores para escreverem sobre a história de Alagoinhas nesse período. Os jornalistas Belmiro Deusdete, Paulo Dias, os escritores José Olívio e Luiz Eudes, o artista plástico Ed Carlos, o diagramador Germano Carvalho e

Ao longo desse período, o jornal acumulou 487 edições. Em julho, o jornal chega à marca de 500 edições, um número importante, pois poucos jornais no Brasil chegaram a publicar tantas edições e ficaram pelo meio do caminho.

Mas nem tudo foi só alegria ao longo desses 25 anos. O jornal interrompeu suas publicações outras duas vezes por seis e quatro meses, respectivamente, até o momento atual, de seis meses. Também viveu turbulências com a comunidade política, processos e desentendimentos que enfraqueceram o periódico ao longo dos últimos anos.

Mas é a situação financeira e o crescimento da comunicação na internet, onde um garoto de 18 anos, sem nenhuma experiência em comunicação desenvolve trabalho de assessoria de prefeituras, câmaras municipais e instituições. Esses profissionais são experts em redes sociais. A função deles é filmar, editar e publicar em grupos. Alguns prefeitos estão fazendo isso também. Esse trabalho substitui o jornalista da Ascom ou Secom, reduz o nível  da informação e dá destaque ao gestor. Soma-se a isso os assessores, secretários e aliados que ajudam na difusão das “notícias”.

A baixa do jornal Gazeta dos Municípios ao longo desses 25 anos é a perda de seu acervo. Um incêndio num pequeno galpão onde estavam depositadas mais de 450 edições, filmes, fotos, documentos históricos e equipamentos antigos foram destruídos num incêndio ocorrido em 2018, quando o jornal parou de circular por seis meses.

O jornal não havia tornado público esse assunto, mas ressalta que o acervo perdido tinha importância histórica indescritível. “Perdemos um pouco da história de Alagoinhas, contada ao longo de quase 25 anos, um acervo super importante e que não teremos mais”, disse Vanderley.

O jornal ainda guarda 30 exemplares de cada edição, mas hoje em dia o acervo eletrônico é mais usado, podendo ser pesquisado por qualquer um na internet. Ele conta que há alguns anos um grupo de estudantes de história da Uneb fez o registro edição por edição de parte desse acervo, levando, inclusive, um exemplar de cada edição. “Espero ter contado com esse grupo ou o local onde ficou armazenado esse importante acervo, pois ele conta a nossa história”, disse Vanderley.

Para continuar sua trajetória, Vanderley Soares diz que vai precisar do apoio do comércio e das instituições públicas como prefeitura, Câmara Municipal e Governo do Estado. Ele não descarta a possibilidade de participar de um edital para apresentar seu acervo em âmbito nacional, mas para isso precisa recuperar parte ou todo o acervo digitalizado.

“As últimas 300 edições é fácil encontrar na internet e em HDs, mas o jornal físico, impresso, esse tem um valor histórico inquestionável, daí a importância desse contato com o pessoal da UNeb”, concluiu Vanderley.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Alagoinhas - BA Atualizado às 00h57 - Fonte: ClimaTempo
19°
Pancada de chuva

Mín. 18° Máx. 28°

Sex 29°C 18°C
Sáb 28°C 17°C
Dom 29°C 16°C
Seg 28°C 17°C
Ter 28°C 22°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Ele1 - Criar site de notícias