Estudantes apresentam projetos sobre necessidade da conservação dos recursos hídricos

Para celebra o Dia Mundial da Água, comemorado nesta quinta-feira (22), estudantes de escolas estaduais estão realizando projetos que promovem a conscientização para o uso sustentável dos recursos hídricos. Durante toda a semana e, especialmente nesta quinta, a comunidade escolar foi mobilizada em torno de diferentes atividades como rodas de conversa, palestras, mostra de vídeos e até caminhadas no entorno da escola, para chamar a atenção sobre os cuidados que todos precisam ter com o propósito de conservação deste bem escasso e de uso comum de todos.

Neste ano, as ações estão associadas à etapa escolar da III Conferência Estadual Infantojuvenil pelo Meio Ambiente, que será realizada de 7 a 9 de maio, em Salvador, e tem o objetivo de alertar sobre a necessidade do uso consciente e racional dos recursos hídricos e assegurar os seus múltiplos usos pelas atuais e futuras gerações. No Colégio Estadual Doutor João Pedro dos Santos, localizado na Avenida Bonocô, em Salvador, os estudantes participaram de mais uma etapa do projeto ‘Caminho das Águas’, por meio de uma roda de conversa com o professor do Instituto de Biologia da Universidade Federal da Bahia (Ufba), Eduardo Mendes.

Com o tema ‘Dia Mundial da Água – Muito lero e pouco quero’, a iniciativa abordou questões como o fluxo hidrológico e a distribuição da água no planeta. “Neste bate-papo, mostrei para os estudantes que nós, digo toda a sociedade, embora debatemos sobre a água e dissemos que temos uma preocupação, as ações mostram que não temos o devido cuidado com a água, porque o Brasil tem um grande manancial de água doce e ainda temos a seca. Tudo isso por conta da degradação dos recursos hídricos essenciais para a nossa sobrevivência. Portanto, sua proteção é fundamental”, disse o professor Eduardo Mendes.

Dia da Água
Mobilização do alunos do Colégio Estadual Doutor João Pedro dos Santos, no Bonocô, em Salvador.
(Foto: Ascom/Educação)

O aluno Rodrigo Oliveira, 17, 3º ano, falou sobre a importância do debate. “O professor trouxe informações que até então eu não sabia, como o número de mananciais que temos no País, como a indústria age nas águas e sobre formas de preservação desse bem para a humanidade. Foi uma manhã proveitosa”.

Ações no interior do estado

No Colégio Estadual Eduardo Fróes da Motta, no município de Feira de Santana (centro norte), os alunos realizaram uma série de apresentações e debates seguindo diversos temas como ‘Planeta Água’, ‘Água e Agricultura’, ‘Água e Saúde’ e ‘Água e Energia’. A vice-diretora da unidade, Mônica Borja, explicou que a ação pedagógica busca movimentar toda a comunidade escolar abrindo espaço para o conhecimento e para a conscientização. “Reunimos os estudantes do 5º ao 9º ano divididos em diversas atividades para discutir a importância da água. São apresentações baseadas em pesquisas que são orientadas por professores. É uma grande mobilização de toda a escola”.

Para a estudante do 9º ano, Letícia Lima, 13 anos, a discussão entre os colegas sobre temas voltados à água proporciona muito conhecimento. “Nossa turma trabalhou o assunto da água como fonte de energia. Mesmo sendo responsável na sua grande maioria pela obtenção de energia, ainda temos alternativas viáveis para maior exploração como a eólica e a biomassa, que podem contribuir para diminuir a exploração da água como único recurso”.

Segundo a sua colega, Luise Barbosa, 14, também do 9º ano, os projetos ajudam o estudante a compreender mais os assuntos. “Poder trabalhar em conjunto torna o ensino mais prazeroso e com menos pressão. Isso resulta em um aprendizado divertido e que assimilamos com mais facilidade. Foi muito bom fazer parte desta discussão da água sabendo que estou contribuindo para o conhecimento de outras pessoas.

Já os estudantes do Colégio Estadual Eraldo Tinoco, no distrito de Posta da Mata, em Nova Viçosa, na região do extremo sul, realizaram caminhada pelas ruas no entorno da unidade escolar, carregando faixas de conscientização sobre a importância da água. Na atividade, foram distribuídas garrafas de água mineral. No Colégio Estadual Luciano Passos, em Cruz das Almas (Recôncavo), a comunidade escolar foi envolvida em torno de apresentações musicais, de poemas e criação de murais temáticos.

Fonte: Ascom/Secretaria da Educação do Estado

Related Post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *