Brasil se manifesta contra o brutal assassinato da vereadora Marielle Franco, do Rio

O Brasil todo amanheceu mais triste e se manifestando contra o ato de brutalidade que culminou com a morte da vereadora carioca Mariele Franco, do PSOL, na noite de ontem (14), na capital fluiminense.

Vários municípios já realizaram manifestações e outros já programaram para o turno da tarde endurecer o discurso contra a violenta e brutal morte da vereadora. Em Alagoinhas, o vereador Luciano Sérgio, que está em Salvador participando do Fórum Social Mundial, disse que está indignado e vai apresentar uma Moção de Repúdio em plenário na próxima sessão.

No domingo, Marielle denunciou uma ação de PMs do 41º BPM (Irajá) na Favela de Acari. Segundo ela, moradores reclamaram da truculência dos policiais durante a abordagem a moradores. Ela compartilhou uma publicação em que comenta que os rapazes foram jogados em um valão. De acordo com moradores, no último sábado, os PMs invadiram casas, fotografaram suas identidades e aterrorizaram populares no entorno.

 

“Precisamos gritar para que todos saibam o está acontecendo em Acari nesse momento. O 41° Batalhão da Polícia Militar do Rio de Janeiro está aterrorizando e violentando moradores de Acari. Nessa semana dois jovens foram mortos e jogados em um valão. Hoje a polícia andou pelas ruas ameaçando os moradores. Acontece desde sempre e com a intervenção ficou ainda pior”, escreveu Marielle.

Related Post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *