Gestão participativa: Prefeitura de Alagoinhas realiza eleições para diretores nas escolas da sede e da zona rural

A Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Educação (SEDUC), realiza hoje (25) a segunda parte do processo eleitoral para a escolha de diretores e vice-diretores das escolas municipais que teve início ontem (24) nas unidades de Riacho da Guia, Boa União e adjacentes.

O Decreto 4.739/2017, que regulamenta o processo e as atribuições legais para a gestão escolar em Alagoinhas, estipula que o processo seja realizado em todas as unidades da rede de ensino. Segundo o secretário de educação, Fabrício Faro, a determinação tem por base o fortalecimento da gestão escolar e o incentivo à participação da comunidade.

Participam da votação alunos a partir dos 12 anos de idade, pais ou responsáveis legais, professores, coordenadores pedagógicos e funcionários de apoio. De acordo com a estudante Kailiandra Barbosa, que está no 6º ano da Escola Municipal Jairo Azi, a participação dos alunos é importante. “Quem convive com os diretores é a gente, aluno, então a gente também tem que saber quem é melhor para a gente”, afirmou.

Camila dos Santos, que também estuda no Colégio Jairo Azi, concorda. “A gente vai escolher a pessoa melhor para a escola. E é a gente que escolhe, não as outras pessoas. Sabemos o que essa pessoa pode trazer de melhor para a gente. Não é qualquer uma que vem e não liga para nós”, pontuou.

A professora Dulcinéia Lima de Souza, que leciona na mesma unidade de ensino em que as meninas estudam, destacou que, “para ser transformadora, a educação precisa desse processo”. Segundo ela, “a democracia começa aí, quando todos estão envolvidos”.

Para a diretora do Colégio Jairo Azi, Ivone Pereira da Silva, o processo eleitoral é fruto do trabalho que a gestão pública municipal vem fazendo na área. “O Secretário e o Subsecretário Jean fizeram um trabalho maravilhoso, entendeu? Democraticamente, dando vez a todos os professores da rede que queiram se candidatar. Passamos por um curso de gestores. Após o curso, fizemos uma prova, onde alguns foram aprovados. E só concorre ao cargo de diretor aquele professor que foi aprovado”, explicou.

138 vagas devem ser preenchidas por parte dos 163 aprovados no curso para gestores oferecido pela Prefeitura Municipal entre setembro e dezembro de 2017. De acordo com o Subsecretário Jean Afonso, foram 120h atualizando os conhecimentos para que os profissionais estejam aptos a assumir as responsabilidades do setor.

“A gente vai ter uma escolha democrática de quem de fato vivencia essa unidade escolar no seu dia a dia. Eu, enquanto presidente da Comissão Eleitoral, juntamente com o Secretário Fabrício Faro e toda a equipe, estamos imbuídos na lisura do processo para que as pessoas possam, de fato, votar nos seus candidatos da melhor forma possível”, disse Jean Afonso.

O Subsecretário de Educação também enfatizou que a iniciativa é uma forma de fazer valer desde cedo o exercício da cidadania. “Uma criança com 12 anos que só vai poder votar a partir dos 16, já conhecendo esse processo democrático e agindo como um cidadão no processo da democracia, é importante. E as crianças menores de 12 anos participam também das reuniões com diretores, apresentam propostas. Então, na verdade, a gente começa já com essas crianças, ensinando o que é cidadania e um processo democrático para a gente ter um país melhor”, finalizou.

O resultado prévio das eleições realizadas nas escolas da sede e da zona rural deve ser divulgado amanhã (26), com publicação final no dia 30 de janeiro. A posse dos novos diretores e vice-diretores do município está marcada para 7 de fevereiro.

FONTE: SECOM PMA

Related Post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *