Entidades repudiam aprovação de 13º e 1/3 de férias dos vereadores, secretários e Subsecretários  de Alagoinhas

Diante do cenário de políticas de austeridade no Brasil com diversos ataques ao trabalhador, como implementação das reformas trabalhista e previdenciária, que tem o objetivo de retirar os direitos conquistados com muita luta e derramamento de suor e sangue, o coletivo Força do Trabalhador de Alagoinhas, manifesta seu veemente repúdio ao Projeto de Lei n° 73/2017, que fixa o pagamento de 13° Salário e Adicional de Férias para os vereadores do município, e ao Projeto de lei n° 80/2017 que dispõe 13°Salario a Secretarios e Subsecretários, apresentados pela mesa diretora da Câmara de Vereadores de Alagoinhas, que é composta por Roberto Torres, Cleto da Banana, Ozéias Menezes e Edilson Ferreira (Guy do Frango).
Vale lembrar que agente político não é profissão! Com a aprovação desse projeto para vereadores, secretários e subsecretários, o próximo passo será disponibilizar esses ganhos para  Prefeitos municipais, além de agentes políticos de outras esferas de governo.
Enquanto isso, o trabalhador de verdade, que não recebe nenhum beneficio que os agentes políticos possuem, continua na luta cotidiana para conseguir seu pão de cada dia! Para o trabalhador de verdade, cada acordo coletivo anual, campanha salarial ou demais processos reivindicatórios tratam-se de guerras travadas com o patronato, que já fazem parte de sua vida!
O município de Alagoinhas precisa que os recursos sejam utilizados com a população, como investimentos em Saúde, Educação, Esporte, Lazer e Infraestrutura. É inadmissível que esse projeto seja pensado por representantes do povo, pois deveriam defender questões de interesse popular e não legislar por causa própria! Uma vergonha para Alagoinhas!
Lembrando que o salário dos Vereadores de Alagoinhas é R$12.500,00 e os mesmos dispõe de Cota de gasolina, um carro, cinco cargos nos gabinetes (dois de 1.940,00, dois de cerca de R$ 2.000,00 e mais um de cerca de R$ 3.000,00. O presidente tem dois carros a disposição e todos recebem diárias!!!!
A câmara de Vereadores está imersa em um grande mar de lama, IMORAL E ANTI-ÉTICO!!!!
Entidades que assinam essa nota: SINPA, Sindicato dos Comerciários, APLB, Sindlimp Agreste, SINTRAF, APACORIB, Rede, PSTU, PSOL e PCB.

1ª sessão extraordinária
12 x 0
Jorge da Farinha, Raimunda Florencio, Anderson Baqueiro, Pastor Lins,
Darlan Lucena,
Duy do Frango,
Noberto Moita, Raimundo Gode,
Caio Ramos,
José Cleto,
Luciano Almeida e
Ozéas Menezes.
2a. Votação –
2ª sessão extraordinária
11 x 0
Os mesmos, menos José Cleto que presidiu a sessão.
Os vereadores Thor de Ninha, Luciano Sérgio e João Henrique surpreendentemente não participaram das sessões extraordinárias, só da ordinária.
Juracy Nascimento estava ausente.
As sessões extraordinárias foram realizadas após reunião no gabinete da presidência.
Não foram lidos os projetos, apenas citado os números, nem houve debate, ou seja, as galerias não sabiam o que estava sendo votado.

Related Post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *