Polícia Civil doa renda obtida na Corrida Solidária à Associação dos Autistas

Um cheque de R$ 26,3 mil foi doado, no domingo (17), à Associação dos Amigos dos Autistas (AMA), pela Polícia Civil do Estado da Bahia, que promoveu, na base da Coordenação de Operações Especiais (COE), a I Corrida Solidária da Polícia Civil. A renda obtida com o evento foi revertida à instituição. Mais de 500 corredores, entre servidores policiais, familiares e amigos, participaram do evento, que ocorreu numa extensa e tranquila área verde em torno da COE, região do Aeroporto. A atividade teve três percursos: de cinco e oito quilômetros, para corrida; e três quilômetros de caminhada. Até a chuva se fez presente, acalmando o sol. A largada foi às 7h.

Um dos participantes, o delegado-geral Bernardino Brito, da Polícia Civil, disse que o primeiro evento social com o patrocínio da Polícia foi coberto de êxito. “Uma experiência que já mostrou o quão é grande o potencial para nós estarmos próximos à sociedade, contribuindo com ações nobres e de grande repercussão junto a quem precisa”, pontuou. “É um dia histórico para a Polícia Civil, por organizarmos um grande evento beneficente. Tenho a certeza que será o primeiro de muitos. Finalizamos o ano com chave de ouro”, comemorou o delegado-geral.

A presidente diretora da AMA, Rita Brasil, explicou que a parceria surgiu por apoio de um policial civil que tem um filho assistido pela Associação. “Este foi o único evento em 2017 que nos ajudou nesta luta para construir uma sede definitiva, no bairro do Stiep. Seremos eternamente agradecidos”, ressaltou. A líder informou que interessados em ajudar podem ligar para (71) 3363-4463.

Participantes

Enquanto os vencedores dos primeiros lugares no trajeto de oito quilômetros foram Aderlânio Santos Silva, com 26,48 minutos, e Andréa Cinthian Emídio Costa, com 40,23 minutos; no de cinco quilômetro foram Marcos Jesus Oliveira, com 19,01 minutos, e Danielle Alexandra Teixeira Arber, com 23,20 minutos. Todos os resultados já estarão disponíveis nesta segunda-feira, no site do evento.

Três mulheres foram destaque na I Corrida Solidária: a investigadora da Delegacia de Proteção ao Turista (Deltur), Danielle Arber, primeiro lugar nos 5 quilômetros; a investigadora Cristiane dos Santos da Anunciação, do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), que ficou em segundo lugar, com o tempo de 43,31 minutos, no percurso de oito quilômetros; e a delegada-geral adjunta Heloísa Campos Brito, que ficou em terceiro, com o tempo de 27 minutos cravados no percurso de cinco quilômetros.

O delegado André Viana, coordenador da COE e responsável geral pela organização, disse que o mais importante foi poder reunir os familiares de policiais em um evento que procura fazer o bem a quem precisa. “Para nós, missão dada é missão cumprida. E o sentimento é este, de missão cumprida. Quero agradecer a todos os colegas e demais pessoas que se juntaram a nós na caminhada pelo envolvimento e dedicação. Sem eles, nada teria sido tão bonito como foi”, comemorou.

Fonte: Ascom/Polícia Civil do Estado da Bahia

Áudio:

Fonte: SECOM GOVBA

Related Post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *