Alagoinhas tem o atleta faixa preta mais novo da Bahia

Desde o último sábado (9/12), Alagoinhas tem o atleta faixa preta mais novo da Bahia. É que Tiago Freitas do Carmo, de 10 anos, participou do Exame de Faixa Preta promovido neste final de semana com apoio da Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Turismo (SECET) e, depois de enfrentar uma banca com membros da Federação Baiana de Karatê, se graduou no estágio mais avançado da arte marcial.

Ele começou a treinar com dois anos e meio e já coleciona 52 medalhas em Campeonatos, tendo sido campeão das disputas do baiano, do norte-nordeste, do sul-americano e do brasileiro.

“A gente começou Karatê com mais ou menos 3 anos, então isso já é uma coisa que, para a gente, é comum, já faz parte da nossa rotina. Segunda, quarta e sexta, karatê. Algumas vezes, quando a gente não tem karatê, a gente fica até triste, porque o Karatê é uma forma de lazer que a gente tem na nossa vida para poder treinar e para poder ter uma educação melhor e uma maturidade”, afirmou o Tiago Freitas.

Para o professor, o atleta teve, desde pequeno, um excelente desempenho. “Ele entrou fora da idade. Geralmente, a gente sempre pega com 4 anos. Ele começou acompanhando o irmão, daí a gente colocou pra treinar e ele sempre se desenvolveu muito bem. A gente realmente tem esse olhar clínico. A gente vê a postura, a base, então a gente começa a trabalhar de uma forma diferente, bem mais técnica, porque nem todos os atletas tem esse potencial pra competir”, explicou Ivan Júnior.

O sensei, que é hoje também diretor de arbitragem da Federação de Karatê da Bahia, ressaltou que o trabalho envolve técnica e teoria. “A gente não trabalha apenas a parte física. A gente faz com que o atleta estude desde a origem do Karatê, no Japão, até o Karatê moderno, a parte do conhecimento”, destacou.
Para os irmãos, que fizeram parte dos 9 graduados em faixa preta no último sábado (9), a parceria no esporte só aumenta. “Como ele é melhor no katár, ele me ajuda e, como sou um pouco melhor no kumitê, também ajudo ele”, comentou Arthur Freitas, que também conquistou a faixa no exame.

O sonho do faixa preta mais novo da Bahia é agora tornar-se atleta profissional. “Um dos meus sonhos é chegar às Olimpíadas”, disse Tiago Freitas, que finalizou falando sobre o incentivo ao esporte. “A gente vê que o karatê não é tão destacado quanto os outros esportes, mas, pra mim, ele é muito melhor do que os outros, que já são muito apoiados pela prefeitura de cada lugar. Mas, o karatê, não. A gente está buscando agora e a prefeitura ajudando a gente muito mais”, ressaltou.

O professor dos meninos agradeceu aos apoiadores e à Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Turismo (SECET), que tem incentivado a equipe da Escola Dragões de Karatê nas disputas e competições. Mas, se engana quem acha que depois do exame vem apenas férias pela frente. “Já estamos nos preparando para a Competição de abril, no Pará. Os atletas já estão pré-convocados e precisam classificar para disputar o mundial, que vai ser na Escócia, em 2018. Estamos buscando parcerias”, disse Ivan Júnior.

Fonte/Foto: SECOM PMA

Related Post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *