Prefeito Joaquim Neto sanciona Lei do Setembro Amarelo, para promoção do combate ao suicídio

O prefeito Joaquim Neto sancionou esta semana, a lei que institui o ‘Setembro Amarelo’, campanha que busca conscientizar a população sobre a realidade do suicídio. O decreto municipal tem por objetivo coordenar ações de prevenção à campanha, que passa a ser realizado anualmente no dia 10 de setembro.

O decreto municipal prevê a ações como aplicação de iluminação cênica amarela e sinalização com o símbolo da campanha em edifícios públicos municipais, como forma de remeter ao tema durante todo o mês de setembro. A promoção de atividades de alerta ao suicídio, como debates que envolvam instituições públicas e privadas, e o desenvolvimento de projetos na área de educação e prevenção, além da realização de palestres, apresentações e distribuição de material informativo sobre a campanha.

“A Organização Mundial da Saúde (OMS) aponta que o suicídio, no Brasil, já faz mais vítimas que a AIDS e mata mais do que alguns tipos de câncer. Por isso mesmo, decidimos envolver todo nosso município nessa campanha de conscientização. A partir de agora realizaremos ações como as que já fizemos esse ano, para despertar a atenção desse quadro”, afirmou o prefeito.

No último mês, a Prefeitura através da Secretaria Municipal de Assistência Social (SEMAS), realizou eventos como palestras sobre abordando aspectos do Setembro Amarelo, nos Centros de Referência em Assistência Social (CRAS), da cidade, e caminhadas para alertar a população sobre a importância do tema.

Setembro Amarelo é um movimento mundial que objetiva conscientizar a população sobre a realidade do suicídio e mostrar que existe prevenção em mais de 90% dos casos. O suicídio é considerado um problema de saúde pública e mata 1 brasileiro a cada 45 minutos e 1 pessoa a cada 40 segundos em todo o mundo.

Fonte: SECOM/PMA

Related Post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *