Reforma administrativa extinguirá subsecretarias, diretorias e coordenações da Prefeitura de Alagoinhas

No intervalo para almoço, após uma manhã de palestras constantes da programação do Seminário de Prefeitos Eleitos da Bahia – Governjoaquim-neto-demar com resultados – Compromissos com a sociedade -, realizado hoje (5), no hotel Fiesta, pelo DEM e partidos aliados, o prefeito eleito de Alagoinhas, Joaquim Neto (DEM), conversou com o editor do Alagoinhas Hoje.

Joaquim admitiu que planeja solicitar ao prefeito Paulo Cezar que envie para Câmara de Vereadores projeto de lei de reforma administrativa da Prefeitura de Alagoinhas.

O objetivo principal é adequar a máquina pública às diretrizes da futura gestão joaqunista.

O prefeito eleito pretende enxugar cargos comissionados.

Na Secretaria de Saúde, diretorias serão extintas e apenas três, não definidas na entrevista ao Alagoinhas Hoje, permanecerão no organograma da pasta.

Subsecretarias, diretorias de outras secretarias e algumas coordenações (também sem quantitativo fixado) não estarão no futuro organograma da Prefeitura de Alagoinhas.

Uma secretaria, Governo ou Relações Institucionais, também entrará na lista de extinção.

Segundo Joaquim Neto, o presidente da Câmara de Vereadores, Roberto Torres (DEM), demonstrou boa vontade em analisar a questão e os atuais legisladores poderão votar ainda em dezembro o projeto de lei de reforma administrativa. “Acredito que dará tempo. Espero contar com a compreensão do atual governo em função da importância da reforma para o novo momento da Prefeitura de Alagoinhas, que começará em janeiro”, pontuou o prefeito eleito.

FONTE: Alagoinhashoje

Related Post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *