Bahia vence Fortaleza por 2 a 1 e leva vantagem para a Arena Fonte Nova

bahia venceO Bahia ganhou por 2 a 1 do Fortaleza no jogo de ida das quartas de final da Copa do Nordeste, em duelo disputado nesta quarta-feira (30), no Castelão. Os gols do Tricolor foram marcados por Juninho. Com o triunfo, a equipe comandada pelo técnico Doriva pode até perder por 1 a 0 na Arena Fonte Nova, que se classifica. Se o placar se repetir, a decisão será nas penalidades. Caso o tricolor cearense vença pelo  a partir de três gols, a vaga ficará com os visitantes.
As duas equipes voltam a se enfrentar no próximo domingo (3), às 16h, em Salvador.

O JOGO

Visitante, o Bahia tomou a iniciativa do jogo. Cautelosamente, a equipe iniciou com passes no meio-campo, articulado pelo meio-campista Juninho. Aos quatro minutos, ele lançou para Thiago Ribeiro, que dominou na área, mas a defesa do Fortaleza estava atenta e conseguiu afastar o perigo.
Fortaleza abre o placar
Apesar do Bahia ter começado melhor no jogo, quem levou a melhor no início foi o Fortaleza.  Aos sete, William Simões recebeu ótima bola nas costas da defesa e mandou para a área. Juninho se atirou na bola e mandou para  o fundo das das redes.
Bahia tenta pressionar
Após levar o gol, o Bahia adiantou a marcação e tentou pressionar ao adversário.  Aos 20, Thiago Ribeiro desceu pela esquerda, tabelou com Edigar Junior e tentou cruzar. Mas a bola foi em direção ao gol e quase surpreendeu o goleiro Ricardo Berna
Aos 21, Edigar Junio, livre de marcação, resolveu arriscar de fora da área para o gol. Ele arrematou, mas mandou para fora. Paulo Roberto, que estava livre, se chateou por não ter recebido a bola.
Juninho faz dois e vira o jogo
O Bahia tentava furar o forte bloqueio defensivo do Fortaleza, mas não encontrava muito espaço. Atento a isso, Juninho resolveu arriscar arremates de fora da área. E deu certo. Aos 32, o meia mandou chutou, a  bola fez uma curva, e Ricardo Berna não conseguiu defender. Ele saiu para comemorar o gol de empate.
E Juninho fez mais um, desta vez aos 36. Pelo lado esquerdo, Juninho soltou uma bomba da entrada da área e fez mais um gol. Ricardo Berna tentou, mas não conseguiu defender.

Segundo tempo
Em desvantagem no placar, o Fortaleza começou pressionando no segundo tempo. Aos três minutos, Everton cobrou falta com perigo. A bola passou perto da meta de Marcelo Lomba.
Aos 11, o Fortaleza achou espaço nas costas do lateral Hayner. Everton ficou na cara do gol, mas Lomba cresceu para cima dele e fez uma excelente defesa.
Esquadrão desperdiça boa chance
Aos 23, o Bahia desperdiçou uma boa oportunidade. Edigar Junio se livrou de três marcadores e cruzou. Thiago Ribeiro desviou de letra, mas Ricardo Berna conseguiu fazer a defesa.

Goleiros aparecem

Nos minutos finais, as duas equipes criaram boas chances. Aos 37, o Fortaleza trabalhou bem a bola, Anselmo recebeu dentro da área e bateu para o gol. Lomba estava atento e fez uma boa intervenção.  Um minuto depois, foi a vez do Bahia desperdiçar. Luisinho ganhou  da defesa e arriscou o chute dentro da área, mas Ricardo Berna salvou sua equipe de levar o terceiro gol.
Aos 41, Clebinho fez cruzamento, Juninho cabeceou e Marcelo Lomba fez outra bela defesa.

O Fortaleza tentou criar jogadas principalmente pelo lado esquerdo do campo. No entanto, o Bahia impôs uma forte marcação e a equipe da capital cearense não conseguiu alterar o placar.

FICHA TÉCNICA

Fortaleza x Bahia
Copa do Nordeste – Quartas de final (jogo de ida)
Local: Arena Castelão, em Fortaleza (CE)
Data: 30/03/2016
Horário: 21h45
Árbitro: Renan Roberto de Souza (PB)
Assistentes:  Márcio Freire Lopes e Oberto da Silva Santos (ambos da PB)
Cartões amarelos: Feijão, Hayner (Bahia)
Gols: Juninho (Fortaleza);  Juninho 2X (Bahia)
Fortaleza: Ricardo Berna; Moacir (Eduardo), Lima, Edimar e Wilian Simões; Felipe (Clebinho), Jean Mota, Éverton e Daniel Sobralense (Juliano); Juninho e Anselmo.Técnico: Marquinhos Santos.
Bahia: Marcelo Lomba; Hayner, Lucas Fonseca (Robson), Éder e João Paulo Gomes; Feijão, Paulo Roberto (Júnior Ramos) e Juninho; Luisinho, Edigar Junio (Henrique) e Thiago Ribeiro. Técnico: Doriva.
*Bahia Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *