Fernando Baiano decide abrir a boca; PMDB treme

O lobista Fernando Soares, o Baiano, fechou ontem (10) delação premiada com o Ministério Público Federal (MPF) para contar o que sabe sobre o esquema de corrupção na Petrobras, investigado pela Operação Lava Jato, da Polícia Federal.

Preso há cerca de dez meses, Baiano, que é apontado por procuradores como operador do PMDB no esquema, tem prestado depoimentos com objetivo de obter redução das penas em processos a que responde na Justiça Federal. De acordo com informações do Blog do Camarotti, a delação de Baiano deixou integrantes da cúpula do PMDB em alerta.

O partido teme que Baiano possa entregar integrantes da legenda, assim como o doleiro Alberto Youssef e o ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa fizeram com o PP. No papel de operador, segundo o MPF, ele atuava na negociação de propinas e na distribuição de dinheiro que saía da estatal para os envolvidos nos crimes.

 

 

 

 

*Tribuna da Bahia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *