Aldo fratura costela e luta pelo título pode ser cancelada

_jose-aldo-lutas-Um pesadelo para o dono do cinturão dos penas, o brasileiro José Aldo, e para o UFC. O lutador sofreu uma fratura na costela em um treino na manhã de terça-feira, 23, e a disputa pelo título, no dia 11 de julho, contra o irlandês Conor McGregor, pode ser cancelada.

Após um chute errado do colega de treino Renan Barão, Aldo foi levado a um hospital no Rio de Janeiro e realizou diversos exames, incluindo uma tomografia. Os resultados confirmaram uma fratura na costela e o atleta iniciou um tratamento intensivo.

Com o tempo médio de recuperação de uma lesão do tipo sendo entre três a quatro semanas, é difícil que o brasileiro de 28 anos tenha condições de lutar no dia 11 de julho. Apesar de não ter tido um anúncio oficial de Aldo ou do UFC, a disputa pelo cinturão deve ser adiada ou até mesmo  cancelada.

José Aldo, que tem um histórico de 25 vitórias e apenas uma derrota, não perde há 10 anos e é o campeão mais antigo do UFC. Após a suspensão de Jon Jones, virou o número 1 no ranking geral da organização.

Essa disputa de cinturão vinha sendo tratada como uma das maiores lutas do UFC, após recorrentes provocações entre o brasileiro e McGregor. Chefe do UFC, Dana White, já havia comentado que estava gastando bastante na divulgação da luta por todo o mundo. Portanto, um cancelamento seria de grande prejuízo para os organizadores do evento.

Rivalidade

A empolgação e expectativa em torno da luta aumentou com a crescente rivalidade entre os lutadores. Desde que a luta foi anunciada, após McGregor vencer a luta contra Dennis Siver, o irlandês desafiante passou a provocar Aldo em eventos promocionais e nas redes sociais. Após a vitória sobre Siver em janeiro, o desafiante pulou a grade e foi provocar Aldo que estava no local da luta.

Em março, numa coletiva de imprensa em Dublin, na Irlanda, quase que a luta começa fora do ringue. Após troca de provocações, McGregor levantou e pegou o cinturão que estava na mesa do brasileiro. A torcida irlandesa presente foi ao delírio e José Aldo levantou, mas a briga entre os dois foi impedida pelo próprio Dana White e seguranças.

Nas redes sociais, a troca de farpas continuou. Aldo, que publicou diversos xingamentos sobre o desafiante, chegou a comparar McGregor a Chael Sonnen, norte-americano que provocava bastante o ex-campeão Anderson Silva e acabou perdendo para o brasileiro.

Em comparação com o histórico do campeão, Conor McGregor não perde lutas desde 2010 e tem 17 vitórias em 19 lutas. Esta seria a primeira disputa de cinturão do irlandês de 26 anos, que venceu as cinco lutas que fez no UFC.

O anúncio oficial sobre o adiamento ou não do UFC 189 deve ser feito nesta quarta, 24, pela organização. O UFC deve analisar o laudo médico de Aldo para decidir se mantém o evento marcado para Las Vegas e substitui a luta principal ou apenas muda a data.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *